***: SOMOS HERÓIS

02/11/2010

SOMOS HERÓIS

Hoje ao rondar uma conhecida praça da área de nossa Inspetoria que figurava como “ponto de encontro” para o consumo de maconha e cocaína, a qual demos especial tratamento no sentido de se fazer presente diariamente, pela manhã, de tarde e a noite,  fomos abordados por alguns Senhores e Senhoras, que agradeceram a retomada do espaço comunitário destinado ao uso comum da sociedade, falaram com muito carinho e respeito das ações preventivas que levamos a feito nos últimos dias, elogiaram a Corporação e seus integrantes.

Um Senhor discorreu sobre a forma de abordagem dos usuários de drogas, das táticas policiais que utilizamos para fazer o “cerco” ao local, da postura adotada pelos Guardas Civis Municipais, da linguagem utilizada e do modo como havíamos encarado o problema, ao final me informou ser da carreira do Ministério Público do Estado de São Paulo, e que por três vezes foi chamado por sua esposa e seu filho, para observar da sacada de seu sobrado A ação da Polícia Municipal e que chegou a gravar com seu celular uma das ações onde algumas pessoas foram detidas por porte de entorpecente e atitude inconveniente e incompatível com a moralidade pública e os bons costumes, (Aqui em S.J.Campos -SP, essas infrações relacionadas aos costumes, moralidade, comércio ambulante, uso de espaços públicos, perturbação do sossego público, despejo de lixo em vias publicas e outras infrações administrativas são assuntos de POLÍCIA ADMINISTRATIVA, a qual executamos por força de mandamento legal incluso na nossa Lei Complementar 359/2008, que entre outras tantas coisas define as atribuições da Corporação, dos seus integrantes e estabelece a carreira funcional).

Obviamente prestei bastante atenção na tônica dos agradecimentos e até no ufanismo dos agradecimentos em forma de discurso, mas os adultos tem guardados dentro de si as facetas comuns do interesse, do disfarce, da não sinceridade, das afirmações políticas sem lastro e outras faltas de virtudes, mas enquanto aqueles Senhores e Senhoras falavam a respeito da melhoria da condição de segurança naquela praça,  várias crianças estavam ao redor, crianças com idade provavelmente entre 2 e 6 anos, e delas ouvimos apenas a verdade em forma de perguntas, queriam saber sobre:

 Qual a diferença entre ser Guarda Municipal e ser PM, porque a cor do nosso uniforme era azul marinho, pra que servia a algema, onde estava a arma, se ela atirava, se já havíamos “pego algum bandido”, se já tínhamos “atirado em algum ladrão”, se o “machucado do revolver era grande”, porque o rádio preso em meu colete “não falava nada”, se o “carro da polícia” acendia as luzinhas, se fazia “barulho”, onde era colocado o “ladrão” quando era preso, para onde era levado, foram tantas as perguntas, todas respondidas uma a uma, com carinho e atenção, ao avisarmos que iríamos deixar o lugar um menino de uns 4 anos, falou o seguinte:

-Obrigado guarda, agora a gente pode brincar sossegado na pracinha, andar de bicicleta, jogar bola e soltar pipa, não tem mais bandido na praça, todo dia fico esperando vocês chegarem para eu pedir para minha mãe deixa eu vir aqui, valeu mesmo. Quero ser Guarda Municipal quando for grande, quero prender bandido e andar de carro de polícia.

Não pode haver maior recompensa que a certeza do trabalho bem feito, e o reconhecimento de pessoas que trazem dentro de si somente a sinceridade que a infância permite, ser admirado por algo bem feito é muito bom e gratificante, ser admirado por gente sincera e pura é muito melhor, façam sempre o melhor para deixarmos cidades melhores para nossas crianças e lembrem-se sempre:

Somos heróis de gente sincera e pura, que tem verdadeira admiração pela profissão que exercemos.
Forte abraço a todos, Azul Marinho Sempre !!!

Insp Elvis de Jesus
GCM SJCampos SP

Um comentário:

  1. Olá, amigos GCM !!
    A ação dos senhores revela que temos profissionais de gabarito atuando na segurança pública.
    Realmente o cidadão não quer saber se é um PM, um GCM ou Policial Civil atuando na segurança.
    O que ele quer é A T I T U D E !!!
    Agindo desta forma seremos reconhecidos e teremos o cidadão de bem lutando em prol de nossa atividade.
    Trabalho na PMESP no município de Santo André e em incontáveis situações estive em contato e em parceria com os GCM daqui. Um apoia o outro e o resultado final é a causa da segurança pública.
    O nosso único inimigo é o agressor da sociedade.
    Parabéns a todos pelo excelente trabalho.
    Sejamos profissionais e assim mostramos nosso valor.

    Abração

    Oliveira PMESP

    ResponderExcluir