Últimas Notícias Mundo Azul Marinho

Loading...

02/06/11

"Extinção" da ROMU da GM de Santo André


Excelentíssimo Senhor
AYDAN ANTÔNIO RAVIN
DD. Prefeito Municipal de Santo André SP



                     Senhor Prefeito,


                     Com as honras de estilo e com as considerações de costume pelo exercício de cargo público da alta proposepiere ocupado por esse Alcaide, peço vênia antecipada pela abordagem direta quanto à “extinção” da Ronda Municipal  ROMU, serviço implementado na Guarda Municipal desse município e que sempre deu pronta e boas respostas ao crime e aos criminosos, permita-me excelência discordar quanto a prática administrativa adotada em relação a essa valorosa equipe de profissionais, diferenciados pelo uniforme, pelas viaturas e pelo emprego operacional, mas iguais na solidariedade, no espírito de corpo e nas ações de proteção e segurança dos bens, serviços e instalações em conjunto aos demais profissionais de Guarda Municipal da cidade de Santo André.

                    Senhor Prefeito Municipal a “extinção” desse relevante serviço feito pelas equipes de “ROMU”, sob o manto da necessidade de alocar recursos materiais (viaturas modelo Blazer) para criar um novo serviço, chamado de “Ronda Escolar”, afim de não usurpar a segurança feita pelas policias do Estado, conforme veiculado pela Assessoria de Imprensa da SECOM,  é fazer afirmação sem o necessário nexo lógico/racional, é caminhar em sentido contrário as demais Corporações de Guardas Municipais e permitir a ingerência externa em órgão da Administração Municipal, como dito anteriormente, máxima vênia pela sinceridade e franqueza nessa afirmação, que poderá parecer até arrogante, mas não é, tem apenas o tom da defesa institucional que nossas Guardas Municipais carecem, as vezes pelos declarados inimigos rotulados pela sociedade e as vezes pelos inimigos velados que as “portas fechadas”, “pedem a cabeça das Guardas Municipais” no intuito de diminuí-las e sufocá-las, levando-as a morte institucional, a falta de perspectivas, a pensarem em futuro, ao desleixo, ao esgarçamento do tecido disciplinar, a falta de investimentos e até a “extinção de serviços”, basta que essas Guardas Municipais tenham o mínimo de destaque social em meio a comunidade, e pronto! Já são consideradas verdadeiras ameaças, sendo que todo esforço é envidado, propostas sabemos que nunca faltam para limitar as Guardas Municipais.
                    A Segurança Pública excelência, é um campo apaixonante e altamente complexo, como afirmado em nossa Carta Magna, “Dever do Estado, direito e responsabilidade de todos”, a terminologia “Estado” denota em conceito técnico jurídico, “Organização Político Administrativa”, sendo “Estado” a União Federal, os Entes Federados e os Municípios, somente nessas primeiras letras do “caput” do Artigo 144 da CF, já podemos imaginar a complexidade do tema, não culpamos os Gestores Públicos Municipais pelas mais diversas interpretações da nossa Constituição, muitas interpretações inclusive patrocinadas pelo lobyee contrário as Guardas Municipais, como afirmado na primeira linha desse parágrafo o tema é complexo por demais, e apesar de sermos um país que produz de agulhas até satélites, ainda não produzimos estudos de Segurança Pública em profusão.

                    Louvo a criação da “Ronda Escolar”, mas a “extinção” da ROMU é atitude severa por demais com a Guarda Municipal de Santo André, ou com qualquer outra Guarda Municipal melhor falando, convido Vossa Excelência a promover a reavaliação do ato de “extinção”, a ROMU, caro Prefeito deve ser pensada sob o prisma da operacionalidade, do pronto emprego, da modernidade, da ação rápida, o Governo Municipal, sempre precisa de um fiel garantidor da ordem, de uma força municipal hierarquizada e organizada que dê ao Administrador Público o conforto necessário para garantir a continuidade dos serviços municipais, que resguarde efetivamente os bens e instalações da municipalidade, que esteja pronto nas 24 horas do dia e nos 365 dias do ano, agindo como “Reserva Operacional” do Chefe do Executivo Municipal, essa unidade especializada caro Prefeito, chama-se Ronda Municipal - ROMU,  em nada “usurpa” qualquer função ou serviço promovido pelas Polícias dos entes federados, pois a Polícia de organização e denominação Militar tem por missão a Policia Ostensiva e de Ordem Pública, a outra de caráter e essência civil tem a nobre missão de Polícia Investigativa, a ROMU nos municípios cabe a ação PREVENTIVA, não existindo portanto qualquer sombra de usurpação.

Respeitosamente,



Elvis de Jesus






Assinado digitalmente por chave de validação eletrônica
                                                 889.712.567.KLDS.LMT.343.011

5 comentários:

  1. DEVIA TER MAIS GENTE PREOCUPADA COM AS GUARDAS MUNICIPAIS DO BRASIL. GENTE QUE AO INVÉS DE TENTAR TIRAR VOTOS DOS GUARDAS FOSSE DEDICADA DE VERDADE A NOSSAS GUARDAS, IMAGINE UMA PESSOA CHEIA DE COMPROMISSO TIRAR UM TEMPO PARA ESCREVER CARTAS AOS PREFEITO QUE SÓ QUEREM PREJUDICAR AS GUARDA MUNICIPAIS. POR ISSO SEMPRE PASSO AQUI PARA LER E VER AS NOTICIAS DE INTERESSE DAS GUARDAS.PARABENS AO AUTOR DA CARTA E DONO DO BLOG DOS MILICIANO MUNICIPAL.

    GM GERONIMO
    GM SNTA ANGELA

    ResponderExcluir
  2. esse prefeito de merda de santo andré, tanta coisa para fazer e ele quer acabar com uma guarnição que trabalha certinho. vagabundo, turco do caralho.

    ResponderExcluir
  3. Uma atitude no minimo covarde por parte do prefeito pois ainda temos muito analfabetismo juridico no que tange a interpretação de nossa carta magna, alem da falta de compromisso com a segurança pública,ja esta mais que na hora de colocarmos o povo brasileiro de encontro a essas mentalidades tacanhas de muitos governantes.

    ResponderExcluir
  4. A segurança municipal só tem valor quando da proximidade das eleições.
    Fora isso são descartadas.
    São tão importantes...
    Dão bons resultados pois temos profissionais compromissados com a atividade de segurança pública.
    SÓ O PREFEITO E SEUS ASSESSORES NÃO ENXERGAM ISSO...

    ResponderExcluir
  5. INSP. ELVIS. EXISTE UM LOB DA PM DA ESTADO DE ANIQUILAMENTO DAS GUARDAS CIVIS MUNICIPAIS NOS MUNICÍPIOS QUE AS MANTÉM. EXISTE UMA DIRETRIZ QUE OS COMANDANTES DE BATALHÕES RECEBERAM DO QUARTEL DO COMANDO GERAL, QUE DITA EM TODA SUA EXTENSÃO, O ANIQUILAMENTO DE TODA CORPORAÇÃO AZUL MARINHO. DAÍ ENCOSTAM NOS PREFEITOS E "DITAM" REGRAS A SEREM SEGUIDAS NAS CIDADES, DENTRE ELAS, ACABAR COM OS SERVIÇOS RELEVANTES DAS GUARDAS CIVIS, SOB PENA DE RETIRAREM O POLICIAMENTO DALI, CASO AS GUARDAS CIVIS CONTINUEM ATUANDO. DAÍ, MUITOS PREFEITOS ESTÃO PENSANDO EM, ATÉ ACABAR COM GUARDAS CIVIS, INSERINDO-AS EM OUTROS DEPARTAMENTOS, OU MUDANDO A NOMENCLATURA. ISSO ESTÁ ACONTECENDO AQUI NA CIDADE DE FRANCA. LAMENTÁVEL. LASTIMÁVEL.

    ResponderExcluir